postimg
Mar 2011 21

Em março de 2011 aconteceu em Londres mais uma edição do campeonato de Freerunning realizado pela Red Bull, o Art Of Motion. Essa foi a primeira vez que o  evento foi realizado na Inglaterra, nas edições anteriores ele foi produzido na Áustria e nos Estados Unidos.Uma estrutura grandiosa foi construída nas sacadas do National Theatre em Southbank, onde alguns milhares de pessoas assistiram gratuitamente os freerunners apresentando-se.

Fiquei decepcionado quanto à apresentação, mas sem surpresa. O formato proposto pela Red Bull não funciona para o Parkour como funciona para outros esportes no X-Games, por exemplo. Principalmente na Europa. Cito o X-Games por que imagino que esse seja o objetivo da Red Bull: despertar o interesse no público norte americano em consumir o Parkour / Freerunning enquanto prática esportiva, para que eles possam vendê-lo como tal.

Não estou defendendo a atividade numa categoria fora do esporte, não. Parkour / Freerunning é uma prática esportiva também. No entanto, o formato de competição que funciona para o Skate, Patins e até Breakdance, não funciona em nosso contexto. Um fator que confirma meu ponto de vista baseia-se nos depoimentos dos “competidores” sobre suas participações no evento. Geralmente, eles comentam que não estão ali pela competição, mas pela oportunidade de experimentar movimentos diferentes, numa estrutura exclusiva e com os amigos praticantes de outras partes do mundo.

De qualquer forma, é uma oportunidade para os criativos praticantes experimentarem movimentos novos ou adaptar seu estilo numa estrutura exclusiva que estimula novas possibilidades. Em um post futuro, vou compartilhar meu ponto de vista sobre o formato da competição no Parkour / Freerunning.

Abaixo, o vídeo promocional do Red Bull Art of Motion London 2011:

Bruno Peixoto

Participe. Comente.