postimg
Apr 2011 09

O freerunner Oleg Vorslav fez mesmo escola. Seguindo seus passos, o jovem russo Zyulev Alexander mostra como a limitação estimula a criatividade. Utilizando-se de basicamente um murinho, uma grade e uma árvore, Zyulev cria várias combinações inusitadas para desenvolver seu flow, resultando numa demonstração divertida e estimulante.

No meio das discussões sérias sobre definições de Parkour vs. Free Running vs. Art du Déplacement como uma prática esportiva, arte ou experimentações lúdicas, o jovem russo manifesta o importante mesmo é o movimento.

Entenda do que estou falando ao assistir o vídeo abaixo. Divirta-se:

Bruno Peixoto

1 Comment

  1. Wesley says:

    Muito legal, independente do estilo o importante é fazer arte =D

Participe. Comente.